Pular para o conteúdo

A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Confira alguns cuidados básicos para evitar a proliferação da doença, de acordo com o Ministério da Saúde:

- Lave as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

- Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

- Evite contato próximo com pessoas doentes. Fique em casa quando estiver doente;

- Evite aglomerações. Mantenha uma distância de 1,5m das pessoas;

- Cubra a boca e o nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogue no lixo. Caso não tenha lenço, use a parte inferior do cotovelo;

- Limpe e desinfete objetos e superfícies tocados com frequência.

- Não compartilhe objetos pessoais como pratos, talheres e copos.

- Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.

- Durma bem e tenha uma alimentação saudável.

 

Sintomas

Os sintomas da COVID-19 são semelhantes aos de um resfriado ou gripe.

Os mais comuns são:

- Febre;

- Cansaço;

- Tosse seca;

- Dores no corpo e mal-estar;

- Falta de ar;

- Dor de cabeça.

Caso tenha sintomas, mesmo que leves, procure um médico. O tratamento precoce salva vidas.

Para tirar dúvidas, ligue 136 ou entre em contato com a Secretaria Estadual de Saúde, no 0800-647-1223.

 

Grupos de risco

São considerados grupo de risco:
- Pessoas com mais de 60 (sessenta) anos;
- Diabéticos;
- Hipertensos;
- Pessoas com insuficiência renal crônica, doença respiratória crônica, doença cardiovascular,
câncer, doença autoimune ou outras afecções que deprimam o sistema imunológico;
- Gestantes;
- Lactantes

 

Vamos vencer essa batalha. Mato Grosso Unido para Superar!